Um44k prova a influência da internet no mundo da música

Não há dúvidas de como o mercado da música está mudando: se antes apenas encontrávamos talentos através de reality shows musicais, hoje a internet consegue nos mostrar que o jogo virou. O YouTube é uma plataforma onde todos podem entrar para divulgar o seu trabalho. Luan Otten e Saulo Poncio tiveram essa ideia há três anos, e agora  formam a dupla Um44k, lotando shows em todo o Brasil.

O mercado musical, hoje, entende que futuros grandes artistas estão na internet tentando ganhar o seu espaço, por isso, a mídia online se transformou em um enorme banco de talentos prontos para ganhar os holofotes. A melhor parte disso tudo, é que cada um tem o seu espaço. Todos podem compartilhar a sua arte e até mesmo encontrar parceiros para criar novos projeto.

Luan e Saulo se conheceram em 2015 e logo resolveram iniciar um projeto musical. Suas músicas são composições autorais e fizeram tamanho sucesso na internet, onde podemos nos deparar com números impressionantes: mais de um milhão de inscritos no canal do YouTube. Uma de suas grandes canções é “4 da Manhã”, que entrou no repeat dos brasileiros nas plataformas de streaming e nas rádios, mudando a vida de ambos de uma vez por todas.

“Desde que lançamos a música e o clipe muita coisa boa aconteceu […]”

Recentemente, a dupla lançou um novo single, “Nossa Música”, que vem atingindo o mesmo sucesso de “4 da Manhã”, com mais de 20 milhões de views no YouTube.

 

A Contrast Brasil bateu um papo com os rapazes do Um44k, que revelaram serem grandes fãs e se inspirarem no rei Roberto Carlos, além de contarem um pouquinho sobre a história da dupla e comentarem a respeito da revolução da era digital, falando sobre a importância da internet no início e decorrer da carreira.

Como vocês se conheceram? É verdade que foi por causa do Jonathan Couto, que era do P9? Sim, é verdade! Nos conhecemos pelo Jonathan e, no mesmo dia, escrevemos uma música juntos, foi instantâneo! Ficamos amigos logo de cara e já decidimos juntar nossa vontade de cantar e tocar.

Quando vocês decidiram que queriam seguir a carreira na música e quando veio a vontade de se juntar para trabalhar nesse projeto? Desde que nos conhecemos já começamos a compor juntos e tocar, mas tudo na brincadeira. Quando criamos nosso canal no Youtube e ele foi começando a ser visto, todo mundo falando que a gente tinha um talento diferenciado, fomos pensando em profissionalizar e, nada melhor do que fazer isso em parceria, já que somos tão ligados pela amizade e pelo amor à música.

Vemos claramente hoje em dia o quanto a internet é um ferramenta aliada às pessoas que querem, de alguma forma, compartilhar a sua arte com o mundo. O quanto a internet foi importante para vocês no início da carreira? E o que vocês acham que mudou no mundo da música com a presença das redes sociais? Muito! Agora o mundo da música ficou muito mais democrático com a internet, na nossa opinião. Essa abertura foi muito importante para novos artistas, como a gente. Você coloca seu vídeo na internet e a galera curte, comenta, tem uma interação.  

Vocês nasceram do YouTube, vocês conseguem nos dizer qual foi o momento em que a ficha caiu e vocês viram que o sucesso tinha chegado? Acho que a ficha foi caindo quando começaram a nos reconhecer na rua, quando vimos nossos fãs cantando nossas canções e os views disparando na internet! Quase não acreditamos que isso tudo estava acontecendo de verdade!  

4 da Manhã” foi a primeira música de grande sucesso de vocês. Qual foi a maior mudança em suas vidas depois que lançaram essa música? “4 da Manhã” abriu muitas portas e somos muito gratos. Desde que lançamos a música e o clipe muita coisa boa aconteceu: nossos views só aumentaram e ganhamos até single de platina! Começamos a fazer shows em todo o Brasil e até fizemos o palco Digital no Rock in Rio. Só temos a agradecer.

Vocês mesmos que escrevem suas músicas? Se sim, qual a maior inspiração para vocês no processo de composição? Sim, somos compositores. Nós nos inspiramos muito nos nossos relacionamentos, nas vivências de cada um, nos problemas que já tivemos e, principalmente, nas coisas boas da vida.

Qual foi a música mais profunda que vocês já escreveram e sobre o que é? Nossa música mais profunda e inspiradora é “Solução”! Falamos do amor, de reconhecimento do erro, de reconciliação. O amor é o que mais nos motiva. Sempre! Ela [“Solução”] mexe com nosso coração! Como a gente compõe, tudo é muito pessoal e mexe com a gente de forma diferente. Mas com certeza ela tem um espacinho especial.

Agora vocês estão trabalhando com a Warner Music, qual foi a primeira coisa que passou pela cabeça de vocês ao assinarem com a gravadora? E qual a maior diferença que vocês sentiram de quando eram um artista independente para agora com um contrato? Assinar com a gravadora foi muito bom! Estamos nos sentindo no caminho certo, respaldados por um trabalho mais profissional. Estamos gostamos muito de fazer parte desse time e dessa parceria.

Qual a maior influência/inspiração para vocês no mundo da música e qual a parceria dos sonhos de vocês, tanto internacional quanto nacional? Olha, nosso grande sonho é cantar com o Roberto Carlos. Temos muita admiração por ele e queríamos muito conseguir essa parceria. Quem sabe um dia, né?!

Já que vocês gostam tanto do Roberto Carlos, qual música vocês cantariam com ele e qual o significado dessa música na vida de vocês? Nós adoramos “Emoções”. Mas toda discografia dele é incrível e nos remete aos nossos pais, à nossa infância. Ele é um artista que tem um carisma e uma forma única de passar sua mensagem ao público. Musicalmente, então, ele é um monstro! Seria um prazer muito grande estar ao seu lado cantando uma música.

Se vocês não fossem cantores, em qual profissão estariam e por que? Saulo: se não estivesse na carreira como cantor, seria médico. Inclusive, cheguei a cursar a faculdade, mas tive que optar e me dedicar à música.

Luan: Já fui lutador de jiu jitsu e acho que, se não fosse a música, seguiria por esse caminho.

Como artistas, qual é o maior sonho de vocês? Se é para pensar bem grande, quem sabe apostar no sonho de fazer sucesso internacionalmente. Mas, em 2017, participar do Rock in Rio e cantar no maior festival de música do mundo já foram uma conquista e tanto!

Vocês estão apenas no começo da carreira e tem muita coisa incrível vindo pela frente ainda. Quais seus próximos projetos? Alguma música nova a caminho, talvez um novo EP? Estamos com muitas novidades. A principal é que estamos prestes a lançar o single e clipe da “Nossa Música”, que fala de amor, sentimento, desencontro. O clipe foi gravado em São Paulo, e com um roteiro muito bacana. Estamos orgulhosos. E, claro, também estamos preparando mais material novo e com participações super especiais. Fiquem ligados para conferir!



O duo, que está no começo de uma carreira incrível, tem vivenciado experiências que acabam se tornando mais do que inesquecíveis. A Contrast Brasil abordou esse assunto com Luan e Saulo, que contaram um pouco sobre suas sensações e sentimentos de vivenciarem algumas situações pela primeira vez.

Como se sentiram ao dar o primeiro abraço em um fã? Indescritível. Receber o carinho dos fãs é a melhor parte do nosso trabalho.

O que pensaram quando viram o primeiro fã clube? Ficamos muito emocionados e agradecidos, eles são nossa família!

Como estavam se sentindo no primeiro show? Ficamos nervosos e ansiosos, mas estávamos confiantes. Foi uma sensação maravilhosa cantar para o público.

Qual foi a reação ao ouvir pela primeira vez uma música de vocês na rádio? Foi muito bom! Nem acreditamos!

Como foi o lançamento do primeiro clipe? Um sonho sendo realizado. Ficamos muito nervosos, mas muito felizes.